Beto Figueiroa lança segundo livro

Estar de banzo. Sinônimo de saudade, melancolia. Ausência vivida pelo que está longe de nós. Sensação de perdermos o chão, seja por um lugar ou por uma pessoa. Remete ainda a prática comum no tempo da escravidão, já que a palavra se liga a resistência dos negros na luta pela liberdade. A aposta por promover um diálogo subjetivo deu ao fotógrafo pernambucano Beto Figueroa a ideia de batizar suas imagens com o peso e a potencialidade imaginativa que o termo enuncia. O “Banzo”, segundo livro da carreira de Beto, apresenta em 32 páginas as referências imagéticas e sensoriais que conotam esse sentimento.

Editado pela professora Georgia Quintas e o jornalista Alexandre Belém, o fotolivro é lançado pela editora Olhavê e faz parte de uma coleção de livros de fotografia de autores contemporâneos brasileiros. Será apresentado na DOC Galeria, na Vila Madalena, em São Paulo, na terça-feira (29). Na ocasião, também será exposto o quarto fotolivro do selo, o “Vertentes”, de André Conti. Recife também ganhará um evento de lançamento do Banzo, marcado para acontecer no dia 6 de dezembro, no Capibaribe Centro da Imagem (CCI).

Embora as fotografias tenham um ponto de partida, um cemitério ancestral às margens do Rio Capibaribe, na cidade de Salgadinho, em Pernambuco – local onde os antigos escravos foram enterrados sob várias lápides de pedra bruta, sem nome e sem cruz, o ensaio guarda um olhar desterritorializado. Outras imagens foram capturadas em Limoeiro, no Agreste pernambucano; no mar, referência direta à chegada dos navios negreiros, e a seus resquícios de vegetação; ou simplesmente de nuvens carregadas no início da manhã ou fim de tarde, provam da mesma cor densa e repleta de significados.

Lançamento do livro ‘Banzo”, em São Paulo
Acontece no DOC Galeria – R. Aspicuelta, 145, Vila Madalena, São Paulo
No dia 29 de novembro, às 19h
Entrada: Gratuita
Livro: R$ 45

Lançamento do livro ‘Banzo”, em Recife
Acontece no Capibaribe Centro da Imagem (CCI) – R. da Aurora, 533 – Boa Vista, Recife
No dia 6 de dezembro, às 19h