Comida, Diversão e Arte põe à prova arquitetos gourmets

O que era hobby ganhou ar profissional na primeira edição do concurso Comida, Diversão e Arte. Idealizado pelos gestores das marcas Light Design, Livre Decor, Refinare, Saccaro e WR, o concurso veio fortalecer nos arquitetos pernambucanos o prazer de cozinhar, mas sem perder a alegria, união e ousadia dos encontros gastronômicos que já existiam entre arquitetos e empresários do setor.

Em cada dia de competição, 2 finalistas selecionados cozinharão para um corpo de jurados formado por 3 profissionais (1 chef, 1 jornalista e um empresário, que mudarão a cada semana) e uma plateia. Eles terão até 1h e 40 min para cozinhar e montar seu prato. Além disso, contarão com o auxílio do chef anjo, Raphael Vasconcellos, que ajudará na execução e condução dos pratos.

A primeira etapa aconteceu na tarde desta quarta-feira (28), na Refinare, em Boa Viagem. Os arquitetos George Casé e Saulo Barros cozinharam para três jurados: a jornalista Mirella Martins, o chef Kiko Selva e a empresária Natalia Taboas, que tiveram a difícil missão de avaliar o sabor, apresentação e criatividade dos pratos.

George Casé foi o primeiro a finalizar o prato Filé “O Casé”, com aspargos levemente fritos, geleia de cebola e creme de batata com queijo. Seu adversário, Saulo Barros, apresentou o Risoto de Gorgonzola com pera com um leve toque de caviar para dar a crocância ao prato. Em seguida a plateia composta por amigos, familiares e idealizadores do projeto, provaram os pratos.

Ficou com vontade? Para acompanhar o projeto e ficar por dentro das próximas etapas, acesse o instagram @comida.diversao.e.arte e a página www.facebook.com/ComidaDiversaoeArteRecife.