Mostra Artefacto Curitiba

Este ano, a Mostra Artefacto Curitiba firma a temática dos destinos mais desejados do mundo para celebrar os 40 anos da marca Artefacto. Conhecida pela exclusividade e inovação, a exposição apresenta ambientes carregados de arte e cultura, características que são traduzidas pela originalidade de cada obra selecionada pelos profissionais que assinam os projetos desta edição.

Conhecido por pontuar arte em seus projetos, o arquiteto Ivan Wodzinsky elabora a “Suíte do Casal com Estar”, ambiente inspirado no espírito acolhedor da cidade de Curitiba. Para valorizar o local, foram selecionadas obras da renomada artista curitibana Uiara Bartira, além de quadro do artista Henning Kunnow.

Sinônimo de tradição e história da arte, a cidade de Milão, na Itália, marcou presença no “Living com Jantar” projetado pela designer de interiores Luciana Baggio. Familiarizada com a cultura italiana, a profissional ilustrou o espaço com as telas de José Gonçalves, pintadas exclusivamente para Luciana. Merecem destaque as fotografias do empresário Raul Frare, que viaja pelo mundo e dessas andanças produz belas imagens, pela primeira vez expostas em uma mostra de decoração.

A decoradora Angela Russi e a arquiteta Luciana Malucelli escolheram retratar a cidade de Paris no “Loft do Arquiteto”, além de prestar homenagem a Waldir Simões de Assis, da Simões de Assis Galeria de Arte. Escolhido como curador do espaço, Waldir selecionou para as profissionais as principais obras dos artistas Abraham Palatnik, Cícero Dias, Gonçalo Ivo, Juarez Machado e Marcos Coelho Benjamim.

O espaço “Jardim Principal” foi desenvolvido pelo paisagista Wolfgang Schlögel para representar as encantadoras áreas verdes do outdoor da capital paranaense. Para valorizar o deck mobiliado e envolvido pela vegetação, o profissional incorporou no ambiente as esculturas dos artistas Alfi Vivern e Soraia Savaris.

A luxuosa Dubai é retratada com primor no “Loft Al Arab” das arquitetas Caroline Andrusko e Eliza Schuchovski, da A|S Perffectta. Os tons quentes e as linhas retas dialogam com as obras de arte do espaço, que recebeu as telas a óleo de Giselma Cerqueira, as esculturas de João Moro  na área de jantar e as obras de Alfi Vivern e Francisco Brennand, responsável pela escultura no aparador do loft.