“Culturas africanas: arte, mitos e tradições”

Com o objetivo didático, 16 alunos do Curso de Extensão de Modelagem em Argila da UFPE realizaram uma farta pesquisa sobre os costumes, os ritos e os mitos de vários povos africanos, para um melhor entendimento a respeito do significado simbólico desses povos. Destacam-se na exposição máscaras, totens, objetos lúdicos e criativos do dia a dia, valorizando-se, assim, aspectos positivos deste continente, muitas vezes estereotipado por tragédias. A direção do Projeto e da Exposição ficou a cargo da professora Suely Cisneiros Muniz, do Dep. de Teoria da Arte e Expressão Artística do Centro de Artes e Comunicação (CAC) da UFPE e do professor Paulo Lemos de Carvalho, pesquisador em Antropologia da Arte Tradicional Africana, orientador e curador da exposição.

As peças expostas, produzidas a partir do processo de experimentação da modelagem em argila, resultou num admirável efeito estético/expressivo, vivenciado a cada etapa do processo. Assim, aspectos da estética africana como um bem coletivo sagrado, suas crenças, hábitos, costumes, modos de ser e de estar no mundo, a união do homem à natureza, dos homens entre si e do homem com o sobrenatural, tornam-se acessíveis a todos na visitação à exposição do MAB.

Museu da Abolição
Rua Benfica, 1150 Madalena – Recife
Fone 81-3228-3248
Visitação: até 28 de novembro 2015
segunda a sexta-feira das 9h às 17h
sábado das 13h às 17h