Aula-espetáculo de Romero de Andrade Lima revive obras de Ariano Suassuna

Foto: Helder Tavares / Divulgação
Foto: Helder Tavares / Divulgação

Nesta sexta-feira (22), os admiradores do escritor Ariano Suassuna terão a oportunidade de assistir uma aula que mistura curiosidades sobre a vida e a obra do mestre armorial. Para dar vida a aula-espetáculo “O Trovador Cariri”, o artista plástico Romero de Andrade Lima criou suas próprias ilustrações para os textos que são apresentados ao público. Ao longo da aula-espetáculo, o artista plástico vai tecendo comentários e revelando curiosidades contadas a ele pelo autor.

De acordo com Romero, a aula-espetáculo foi a melhor forma dele vivenciar o luto pela perda de Ariano. Ele ainda explica que o escritor se considerava primeiramente poeta, e dizia que toda sua prosa e teatro derivavam dessa poesia. Entre os poemas selecionados, há espaço para textos de diversas épocas: O de Natal é de 1950; um dos sonetos é de 1970, época da ditadura – Soneto de Babilônia e Sertão -, no qual Ariano compara Recife sob efeito da ditadura com a Babilônia, e imaginava a paz ideal no Sertão, em Taperoá, local de sua infância.

Aula-espetáculo O Trovador Cariri
Galeria Suassuna – Praça de Casa Forte, 454.
Acontece na sexta-feira (22), às 21h.
Entrada gratuita.
Informações pelo galeriasuassuna@gmail.com ou pelo (81) 9252.422.