Espelho, espelho meu!

Espelhos são um dos poucos acessórios unânimes da arquitetura. Combinam com diversos estilos de ambientes e caem bem em cômodos de tamanhos variados. Além de serem peças que simbolizam a vaidade, quando incorporados a paredes e móveis, são ótimos aliados na amplitude dos espaços. Nessa perspectiva, as arquitetas da arqMULTI, Danielle Paes Barreto, Soraya Carneiro Leão e Bruna Lobo, reuniram dicas de como utilizar o objeto na decoração, proporcionando maior funcionalidade e sofisticação ao ambiente.

Uma dica das arquitetas é com relação à localização das peças. O recomendado é que elas fiquem nas áreas de circulação da casa, em paredes, bancadas, portas ou até mesmo nos móveis em si. “Desde que inserido e adequado à decoração proposta, não há muitas restrições para usar essas peças”, conta Bruna.

Para locais menores, como banheiros, salas de estar ou hall, a pedida é colocar o espelho em uma das paredes. Lugares estratégicos para a aplicação do espelho são hall de entrada, sala de jantar, closets e porta de armários em quartos e banheiros. Em relação à variedade de cores e acabamentos, o ideal é escolher o que combina com o restante da decoração.

ArqMULTI
www.arqmulti.com.br