A arte e o carnaval

Há quem pense que em Pernambuco só comemore o carnaval nas datas reservadas no calendário para a folia de momo. Engano total, para os pernambucanos, é também através da arte que a festa é celebrada durante todo o ano, em todos os momentos e lugares.

O motivo carnavalesco possui a magia de encantar os olhos e inspirar artistas, que através das suas percepções, emoções e, principalmente amor, imprimem no seu trabalho a expressão rel do que é viver num eterno o carnaval.

Nomes como Bajado, Chico Laranjeiras, Lula Cardoso Ayres, Pedro Souza, Lenira Regueira, o homenageado da festa no Recife, Zé Claudio, entre tantos outros ícones, utilizaram o seu talento e fazem do carnaval um veículo para a construção de cenários e personagens. Esteticamente, é possível notar nos trabalhos a alegria da festa através do uso de cores fortes e personagens – estes compostos por um jogo sutil de movimento, posicionamento e olhares.

Blocos como Galo da Madrugada, Pitombeira dos Quatro Cantos, Elefate e uma diversidade de maracatus já foram artisticamente representados e hoje dividem espaço com os mais tradicionais temas seja nas paredes de colecionadores ou nas galerias de arte espalhadas pelo mundo.